Cinco lugares imperdíveis nas Filipinas por Anna Laura Wolff

 
 

Viajante assídua, a jornalista anna laura wolff, do carpe mundi, é a nova colaboradora do amaro live! neste primeiro post, ela indica cinco lugares que você precisa conhecer nas Filipinas, além de dicas valiosas para programar a viagem e fazer sua mala.

 
 

 
 

Mais de 7 mil ilhas, algumas das naturezas selvagens mais encantadoras do planeta e um povo caloroso, sorridente e receptivo: assim são as Filipinas!

 
 

 

Anna Laura em Boracay

 
Os voos internos pra viajar entre as ilhas permitem franquias de bagagem de apenas 10 quilos. Pra não gastar muito com peso extra, opte por roupas leves e compactas.
 
 

1. Manila

Na capital e maior cidade do país você vai ver muitos jeepneys, os ônibus filipinos coloridos, e triciclos, os tuk-tuks locais. Sua Chinatown é a mais antiga do mundo e na região de Intramuros, os resquícios da colonização espanhola estão presentes. Mas Manila também é cosmopolita, essencialmente nos arredores da Bonifacio Global City, onde há bares, cafés e restaurantes moderninhos, parques com esculturas e grafites e imensos edifícios comerciais.

 
 
 

2. Cebu

Uma das ilhas mais povoadas e com a melhor infra do país depois da capital, guarda alguns dos melhores segredos do arquipélago, como as cobiçadíssimas cachoeiras Kawasan Falls. Nade também com tubarões-baleia e veja 50 tons de azul ao norte da ilha em Bantayan e Malapascua, bem como na costa sudoeste em Moalboal.

 
 
 

3. Boracay

Foi esse pequeno paraíso de 10 mil km² que colocou as Filipinas no mapa do turismo mundial, com suas praias de areia branquinha, como a famosa White Beach, e seu mar azul-turquesa por onde navegam os bangkas, barcos típicos filipinos. Outra faixa de areia especial é a do hotel Shangri-la's Boracay Resort & Spa, onde também está o Sirena, ótimo bar pra petiscar e assistir ao pôr do sol.

 
 
 

4. El Nido

Quando a gente pensa nas Filipinas, é a imagem de El Nido, na ilha de Palawan, que vem à mente. Formações rochosas incrustradas no mar com vegetação verdinha crescendo em cima, praias desertas e bangalôs sob palafitas contrastando com o mar mais azul da vida. A estrela local é o Bacuit Archipelago, entre os lugares mais bonitos de todo o Sudeste Asiático.

 
 
 

5. Siargao

Point do surf do arquipélago, tem lagoas e cachoeiras cristalinas, show de cores em corais, vida marinha exótica, campos de arroz e florestas tropicais. Sua Sugba Lagoon é daqueles cenários de A Lagoa Azul, enquanto nas Sohotan Caves você pode alugar um caiaque e sair explorando grutas secretas.

 
 

 
 

 
 

COMO IR: São dois voos de 12h com a Ethiopian Airlines, fazendo conexão em Adis Abeba, na Etiópia. As tarifas são na faixa dos R$ 3.500.

 
 

 
 
AMARO_Filipinas.JPG
 

Manilla

 

ARRUMANDO A MALA: o que levar para as Filipinas

Os voos internos pra viajar entre as ilhas permitem franquias de bagagem de apenas 10 quilos. Pra não gastar muito com peso extra, opte por roupas leves e compactas. Vestidinhos, blusas soltas e shorts caem bem. Nas Filipinas faz calor o ano inteiro e você só vai precisar de um casaquinho se o ar-condicionado do restaurante estiver muito forte. Salto é dispensável: troque-o por rasteiras. Invista em artigos de palha, de chapéus a bolsas, estão em alta e têm tudo a ver com a vibe tropical do país.

 
 

 
 

favoritos do mês by Anna Laura Wolff